Loading
Quinta-feira, 19 de outubro de 2017
http://www.cress-es.org.br/site/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/482483nota_informativa_destaque.jpglink
http://www.cress-es.org.br/site/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/873152recadastramento_2017.jpglink
http://www.cress-es.org.br/site/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/986493PicsArt_01_07_04.15.09.jpglink
http://www.cress-es.org.br/site/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/240286Gestao_destaque.jpglink

Intervenção do CRESS-ES em processos seletivos e concursos

O CRESS-17ª Região, por meio da Comissão de Orientação e Fiscalização – COFI construiu uma nota explicativa apresentando informações acerca das intervenções adotadas no acompanhamento de oferta de vagas em concursos See details

NOTA SOBRE O NOVO DIP

Prezadas/os Assistentes Sociais,   O Conselho Regional de Serviço Social – CRESS 17ª Região/ES se serve da presente nota para prestar novos esclarecimentos à categoria de Assistentes Sociais do estado do See details

IDENTIDADE DE GÊNERO: CRESS-ES apresenta Termo de Orientação

O CRESS-ES divulga Termo de Orientação sobre "respeito à identidade de gênero e a utilização do nome social nos diferentes espaços sócio-ocupacionais".   See details

Conselheiras e Conselheiros

A gestão “Tempos de Resistir” (2017/2020) conta com as/os seguintes conselheiras/os:   Presidente: Pollyana Tereza Ramos Pazolini   Vice-Presidente: Sabrina Lúcia Pinto da Silva 1ª Secretária: Patrícia Maria Sousa de Jesus2ª Secretária: Emily Marques Tenorio1ª See details

Intervenção do CRESS-ES em processos seletivos e concursos NOTA SOBRE O NOVO DIP IDENTIDADE DE GÊNERO: CRESS-ES apresenta Termo de Orientação Conselheiras e Conselheiros
    


Nota de Repúdio aos retrocessos da Política de Assistência Social do Estado do Espírito Santo PDF Imprimir E-mail
Qui, 01 de Outubro de 2015 15:30

O Conselho Regional de Serviço Social no Estado do Espírito Santo 17º Região (CRESS-17) vem a público explicitar seu posicionamento em defesa do Sistema Único de Assistência Social (SUAS), tornando notório o nosso REPÚDIO ao retrocesso na política pública de Assistência Social no ES, no âmbito da gestão estadual materializado pelo decreto 3.850-R, que altera a denominação de órgão, transfere Unidade Administrativa no âmbito da Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos (Seadh) e REPÚDIO pela não realização da Conferência Estadual de 2015.

 

A Assistência Social é uma política pública inserida no tripé da Seguridade Social, assegurada pela Constituição Federal de 1988, nos artigos 203 e 204 regulamentados pela Lei 8.742/93 e Lei do SUAS 12.435/11. A organização e gestão descentralizada e participativa da Política Nacional de Assistência Social (PNAS) é legado histórico construído pelos sujeitos sociais envolvidos no processo de implementação dessa política que, na última década, avançou com o Sistema Único de Assistência Social (SUAS), que tem como princípios basilares: um comando único e o funcionamento do Fundo de Assistência, com a definição de competências de cada esfera de governo.

 

Vimos manifestar nosso repúdio à ação de desmonte da Política Estadual de Assistência Social, realizada pelo governo do Estado do Espírito Santo, por meio do decreto nº 3.850-R entendendo que este representa um retrocesso para a Política Estadual de Assistência Social à medida que dilui as ações de Assistência Social em uma Secretaria de Estado com área afim, tornando a Assistência Social, nesses termos, subsidiária e de menor importância no contexto da nova Secretaria. A nova formatação da Secretaria de Estado de Assistência Social e Políticas para Mulheres SEASM (ex-Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos - Seadh) desconsidera a Assistência Social enquanto uma política pública estruturada a partir de um Sistema Único de Assistência Social e reduz essa importante política pública a ações isoladas diluídas nas ações que envolvem políticas para as mulheres. Trata-se de um retrocesso pré-constitucional, do qual não compactuamos.

 

No contexto desse grande retrocesso, repudiamos, também, a falta de providências por parte do governo estadual para viabilizar a Conferência Estadual de Assistência Social de 2015.

 

Estamos nos prazos finais para a realização da Conferência, mas ainda não foram deflagrados os processos burocráticos de elaboração do termo de referência, sob a justificativa de contenção de gastos do poder executivo estadual no exercício de 2015, expressa no Decreto Estadual nº 3.755-R, de 02 de janeiro de 2015.

 

Também é preocupante a realidade encontrada nos diversos municípios do Estado que reduziram o horário de expediente dos serviços da Assistência Social e de outras políticas públicas sob a justificativa da “crise financeira”, sem qualquer debate com os conselhos municipais, espaços legítimos de decisão colegiada, desconsiderando as/os profissionais e principalmente os usuários desses serviços, descumprindo assim as normativas que balizam o SUAS.

 

Repudiamos a não implementação da NOB/SUAS/RH no âmbito das gestões estadual e municipais. Essa normativa instituída pela Resolução CNAS nº 269, de 13 de dezembro de 2006, representou um ganho político significativo na pactuação federativa entre gestores da política de assistência social e na luta dos seus trabalhadores/as por condições materiais, técnicas e éticas de trabalho no âmbito do SUAS. No entanto, no contexto do Espírito Santo é desconsiderada.

 

É neste contexto, que se situa nosso repúdio. Ressaltamos o compromisso ético-político das/os assistentes sociais na defesa do Sistema Único de Assistência Social. Queremos o SUAS implantado em sua totalidade e não a desconstrução da Política Pública de Assistência Social e dos direitos sociais já adquiridos.

 

29 de setembro de 2015

Gestão "Não vou me Adaptar” – CRESS-17

LAST_UPDATED2
 

Direto do Conselho

  • 0
  • 1
  • 2
prev
next

Intervenção do CRESS-ES em processos sel

O CRESS-17ª Região, por meio da Comissão de Orientação e Fiscalização – COFI construiu uma nota explicativa apresentando informações acerca das intervenções adotadas no acompanhamento de oferta de vagas em concursos ...

Direto do Conselho | Quarta-feira, 11 Outubro 2017

Leia mais

Melhorias no sistema de PABX

  A Gestão "Tempos de Resistir" tem ciência das dificuldades enfrentadas pela categoria no acesso ao CRESS via contato telefônico. Após análise dos problemas, foram realizadas melhorias no sistema PABX com aq...

Direto do Conselho | Terça-feira, 26 Setembro 2017

Leia mais

IDENTIDADE DE GÊNERO: CRESS-ES apresenta

O CRESS-ES divulga Termo de Orientação sobre "respeito à identidade de gênero e a utilização do nome social nos diferentes espaços ...

Direto do Conselho | Sexta-feira, 6 Janeiro 2017

Leia mais
next
prev

Agenda

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner