Fórum Estadual de Supervisores de Estágio

 

Confira as propostas deliberadas no Fórum Estadual de Supervisores de Estágio, em junho


No dia 6 de junho, o Conselho Regional de Serviço Social 17ª Região/ES, por meio da Comissão de Formação Profissional, realizou o Fórum Estadual de Estágio Supervisionado em Serviço Social, no Salão Rosa, localizado no Centro de Ciências Jurídicas e Econômicas, na Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), campus Goiabeiras.

Participaram os coordenadores de curso e estágio em Serviço Social, supervisores acadêmicos e de campo, discentes, conselheiros do Cress-ES, membros da Comissão de Fiscalização (COFI) e Formação Profissional.

Confira abaixo os problemas identificados e as propostas deliberadas nesse Fórum:

TEMA 1: RELAÇÃO CAMPO X UNIDADE DE ENSINO X ESTAGIÁRIO
PROBLEMAS:

  1. ARTICULAÇAO DOS CAMPOS DE ESTÁGIO COM AS UNIDADES DE ENSINO;
  2. CONHECER A REALIDADE DOS CAMPOS DE ESTÁGIO;
  3. DIFICULDADE DE INTERFACE ENTRE AS PARTES ENVOLVIDAS;

PROPOSTAS:

  1. ENCONTROS A CADA SEMESTRE COM O OBJETIVO DE DISCUTIR O PAPEL DOS CAMPOS E DA UNIDADE DE ENSINO – FÓRUM DAS UNIDADES DE ENSINO COM SUPERVISORES DE CAMPO;
  2. A COORDENAÇÃO DE ESTÁGIO DEVE EFETUAR VISITA AOS CAMPOS, ANTERIOR AO CREDENCIAMENTO DESTES, COMUNICANDO AO CRESS;
  3. GARANTIR VISITAS TÉCNICAS;
  4. ESTIMULAR OS ALUNOS A REALIZAREM PESQUISAS, ESTUDOS E TCC A PARTIR DO CAMPO DE ESTÁGIO (PRÁTICA PROFISSIONAL) – ESTIMULAR A PESQUISA DURANTE O ESTÁGIO;
  5. DEVOLUÇÃO DA MONOGRAFIA A INSTITUIÇÃO BEM COMO APRESENTAÇÃO DOS TRABALHOS CIENTÍFICOS AOS PROFISSIONAIS E USUÁRIOS DA INSTITUIÇÃO;
  6. REUNIÕES ENTRE UNIDADES DE ENSINO E CAMPOS DE ESTÁGIO POR SUPERVISORES PEDAGÓGICOS/TEMÁTICAS;

TEMA 2: FORMAS DE AVALIAÇÃO DO ESTAGIÁRIO NO CAMPO
PROBLEMAS:

  1. FALTA DE TEMPO E DISCIPLINA;
  2. DIFICULDADE DE AVALIAR O ALUNO DE PERÍODOS DIFERENTES NA MESMA FICHA DE AVALIAÇÃO.

PROPOSTAS:

  1. ELABORAÇÃO DE DIRETRIZES PARA AVALIAÇÃO, PELO COLEGIADO, QUE DEVERÃO SER REFERENDADAS NO PRÓXIMO FÓRUM ESTADUAL.

TEMA 3: ESTÁGIO NÃO OBRIGATÓRIO
PROBLEMAS:

  1. HÁ INSTITUIÇÕES QUE NÃO QUEREM FIRMAR PARCERIA COM A INSTITUIÇÃO DE ENSINO. DESSA FORMA, SURGE A MODALIDADE DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO;
  2. ESTÁGIO NÃO REMUNERADO, COMO ENTRAVE;
  3. NÃO ACOMPANHAMENTO DAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO AO NÃO OBRIGATÓRIO;
  4. NÃO ACÚMULO TEÓRICO DO ESTUDANTE EM PERÍODOS INICIAIS PARA ESTAR NOS CAMPOS DE ESTÁGIO;
  5. RELAÇÃO CANDIDATO X VAGAS – ESTÁGIO OBRIGATÓRIO X NÃO OBRIGATÓRIO;

PROPOSTAS:

  1. ELABORAÇÃO DE DOCUMENTO OU RESOLUÇÃO SOBRE O ESTÁGIO NÃO OBRIGATÓRIO;
  2. ELABORAR UM DOCUMENTO DO FÓRUM, LEVANTANDO AS QUESTÕES QUE TORNAM O ESTÁGIO NÃO OBRIGATÓRIO INVIÁVEL;
  3. QUE AS UNIDADES DE ENSINO CRIEM UMA ESTRUTURA DE ACOMPANHAMENTO DOS ESTUDANTES, ESTAGIÁRIOS DO 8º PERÍODO, RELAÇÃO DOS ALUNOS QUE VÃO PROSSEGUIR EM ESTÁGIO NO 8º PERÍODO, CRIANDO, DESSA FORMA, UM MECANISMO DE CONTROLE DESSA MODALIDADE DE ESTÁGIO.
  4. NÃO ABERTURA DE CAMPO DE ESTÁGIO PARA ALUNOS ANTES DO PRIMEIRO PERÍODO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO, ESTABELECENDO EM RESOLUÇÃO DO CFESS;

TEMA 4: PROCESSO DE SUPERVISÃO DE CAMPO
PROBLEMAS:
1- GRANDE DEMANDA DE ESTAGIÁRIO POR PROFISSIONAL;
2- CONDIÇÕES DO CAMPO PARA SEU ESPAÇO DE ESTÁGIO;
3 – A SUPERVISÃO É TIDA COMO SOBRETRABALHO;
4 – PRECARIZAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE TRABALHO;
PROPOSTAS:
1 – O FÓRUM DEVERIA ESTABELECER ALGUNS PRINCÍPIOS, CRITÉRIOS PARA CREDENCIAR O CAMPO DE ESTÁGIO;
2 – É PRECISO PLANEJAR A SUPERVISÃO, DELIMITANDO, INCLUSIVE, SEU TEMPO EM UM PLANO DE ESTÁGIO;
3 – EM TODOS OS DOCUMENTOS ESTABELECER CARGA HORÁRIA DE SUPERVISÃO;
4 – DOIS PRIMEIROS CRITÉRIOS MÍNIMOS PARA QUE A INSTITUIÇÃO POSSA DISPONIBILIZAR CAMPO DE ESTÁGIO EM SERVIÇO SOCIAL: PRESENÇA DO ASSISTENTE SOCIAL EXECUTANDO AS ATIVIDADES JUNTO DOS ESTAGIÁRIOS; E QUE ESTEJA DE ACORDO COM AS DIRETRIZES CURRICULARES;
5 – ESTABELECER CRITÉRIOS DE ALUNOS POR PROFISSIONAL A FIM DE QUE A SUPERVISÃO SEJA POSSÍVEL E DE QUALIDADE.

 

Direto do Conselho

dot Sede do CRESS 17 sofre vandalismo. Diretoria repudia o fato

Atos de vandalismo foram praticados contra a sede do Conselho durante o não funcionamento do mesmo, do dia 28 outubro a 02 de novembro, devido aos feriados do Dia do Servidor Público e Dia de Finados, respectivamente.

 

Clique aqui.

dot “O meu partido é um coração partido”

Cress-17 convida a categoria a refletir sobre as eleições de 3 de outubro à luz dos princípios do Projeto Ético Político da profissão

 

Clique aqui.

dot Nota sobre exercício ilegal da profissão de assistente social no Estado do Espírito Santo

CRESS-17 vem a público comunicar que a prática tem aumentado no Estado

 

Clique aqui.

dot Todas as notícias do conselho...

Jornal Visão - CRESS-ES

Jornal impresso